Campo Grande, 15 de dezembro de 2019

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 05 out, 2018

Bolsonaro restringe ataques só ao PT e reafirma que Haddad é fantoche


O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, usou os quase 30 minutos de entrevista concedida à TV Record, na noite desta quinta-feira (4), para atacar Fernando Haddad (PT), seu principal adversário na disputa pelo Palácio do Planalto, e o Partido dos Trabalhadores.

Os dois são os mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto e estão empatados tecnicamente nos cenários de segundo turno.

Nesta quinta, Bolsonaro manteve a liderança na pesquisa Datafolha, com 35% das intenções de voto. Haddad está na segunda posição, com 22%.

O mesmo cenário foi registrado no Ibope dessa quarta-feira (3), com o deputado com 32%, e o ex-prefeito de São Paulo, com 23%.

A entrevista foi levada ao ar no mesmo horário do debate com presidenciáveis promovido pela TV Globo, que contou com a participação de Haddad.

Na quarta-feira (3), o capitão reformado do Exército informou que não iria ao debate, o último antes do primeiro turno, por recomendações médicas.

A entrevista ocorre quatro dias após o bispo Edir Macedo, dono da Record e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, anunciar apoio ao candidato

do PSL.

Durante a entrevista, Bolsonaro responsabilizou o PT pela crise econômica que o Brasil atravessou, atrelou o partido à corrupção, reafirmou que a esquerda dividiu o Brasil e voltou a chamar Haddad de “fantoche” que é conduzido “de dentro da cadeia por Lula”, mencionando o ex-presidente Luiz

Inácio Lula da Silva, que está preso em Curitiba desde 7 de abril, após ser condenado em segunda instância no caso do tríplex.

“Não podemos deixar que um partido que mergulhou o Brasil na mais profunda crise ética, moral e econômica volte ao poder com as mesmas personalidades. Tudo é conduzido de dentro da cadeia pelo senhor Lula, que indica um fantoche seu chamado Haddad”, disse já nos primeiros minutos




Deixe seu comentário